Acreditamos que a internet reduz distâncias.

Ou seja, o fato de todos estarem conectados a todos (internet) faz com que o acesso a informações seja muito mais rápido e fácil. Além da facilidade, a internet promove a descentralização. Se todos estão conectados, fica muito mais fácil todos produzirem um pouco e assim agregar informação e conhecimento.

Este conceito, trazido para o cenário da indústria e do varejo, explica a transformação na forma de consumir e de se relacionar que vem ocorrendo entre marcas e pessoas.

Se antes para conhecer ou consumir um produto eu ia até uma loja próxima, hoje este acesso a informação ocorre no ambiente digital. O Google utiliza uma metodologia que divide os interesses de quem navega na internet em 3 grandes momentos. Um momento inspiracional, onde as pessoas buscam por algo que desejam, um momento de comparação onde as pessoas definiram o que desejam e estão avaliando quais as ofertas de marcas e características de produtos e um terceiro momento de compra, onde eu avalio preço, forma de pagamento, prazo de entrega e custo de frete. Este momento ocorre tanto no ambiente digital quanto no ambiente físico.

como-pensamos-google-insights

Os dois primeiros momentos de inspiração e comparação são caracterizados pelo perfil das pessoas que navegam pela internet para pesquisar produtos, ou seja, os “browsers” que representam 51% dos internautas.

browsers-internautas-como-pensamos-brava-digital

Quando olhamos o perfil das pessoas que compraram em lojas físicas no ano de 2017, temos que 52% destas compras foram influenciadas pela internet, ou seja, pesquisaram sobre marcas antes de ir à loja.

influencia-do-online-no-offline-como-pensamos-brava-consultoria

Os dados acima explicam porque cada vez mais as pessoas vão até a loja decididas sobre o que querem comprar e com muito conhecimento sobre aquele produto. Veja abaixo que enquanto a quantidade de pessoas transitando em lojas físicas caiu 60% no mundo no período de 5 anos, estas mesmas lojas físicas apresentaram crescimento de 17% de vendas no mesmo período. Ou seja, o processo de “browser”que antes ocorria nas lojas agora ocorre na internet.

movimento-o-2-o-brava-consultoria

Esta mudança de comportamento demanda das marcas um posicionamento ativo no cenário online para garantir que o cliente considere seus produtos e assim decida comprar online ou ainda se deslocar até uma loja e efetivar sua compra presencialmente. A marca que não possui uma presença digital ativa, não será conhecida e consequentemente não será considerada pelo seu cliente.

E é exatamente neste processo que auxiliamos as empresas, tanto a se posicionar quanto a garantir o relacionamento de seus clientes com a sua marca, através de canais de vendas online e presença digital, utilizando o digital para fazer você vender mais!

Este papo não precisa parar por aqui...

Quem sabe marcarmos um café? Será um prazer apresentar cases, compartilhar conteúdos e desenvolver um planejamento específico para seu ramo de atuação e sua empresa!

Copyright © 2018 BRAVA consultoria em eCommerce e Digital